sábado, 11 de abril de 2015

"Locotoco" faixa a faixa: Emiliano Que Tenés

[Emiliano Que Tenés. Ilustração: Carol Merlo]


A canção escolhida hoje é "Emiliano Que Tenés" (Clique aqui para ouvir), que é uma brincadeira tradicional da Colômbia e foi transmitida ao Serelepe por Pilar Posada.

Vamos cantar juntos e descobrir o que o Emiliano tem?


EMILIANO QUE TENÉS

Emiliano qué tenés? Emiliano qué tenés?
Emiliano qué tenés? Emiliano qué tenés?

Un bambazu que me mata
Un bambazu, ma Juliana
Un bambazu que me mata

Por la fiebre que me dió esta mañana


Na gravação, vocês ouviram a voz de Cris Lima, Reginaldo Santos, Eugênio Tadeu e Miguel Queiroz.

Agora, além de ouvir e cantar, você também pode brincar junto com o Emiliano! O Serelepe te dá uma dica de brincadeira:

Uma pessoa começa deitada no centro da roda, enquanto os outros brincantes estão em pé. Durante a primeira parte da canção, os que estão em pé perguntam para aquele que está deitado: "Emiliano qué tenés?" ("Emiliano, o que você tem?"). A pessoa ao centro responde os versos da segunda parte da canção, enquanto se levanta, se contorcendo, como se estivesse passando mal. Ao se levantar, ela escolhe alguém, tomando-a pelo braço e puxando-a para o centro da roda. Os dois se deitam no chão e a música recomeça. "Emiliano qué tenés?", todos perguntam. Os dois ao centro respondem "Um bambazu que me mata...", enquanto se levantam, convidando outros dois colegas que se juntarão a eles, ao centro. A canção se repete até que todos os brincantes tenham se transformado em "Emiliano".

E aí, alguém conseguiu descobrir o que tinha o Emiliano? Escreva pra gente! Nosso email é: serelepe@eba.ufmg.br. E também temos uma página no Facebook.

Agora, deixa eu ir embora, porque é minha vez de ser o Emiliano. Fui! 
 

segunda-feira, 6 de abril de 2015

"Locotoco" faixa a faixa: Beira Mar dos Canoeiros

[Beira Mar dos Canoeiros. Ilustração: Carol Merlo]

Olá, amigas e amigos do Serelepe!

A partir de hoje, compartilharemos aqui no blog, uma a uma, as faixas do CD Locotoco, do Serelepe. Além das canções, dividiremos com vocês as ilustrações da artista visual Carol Merlo que fazem parte do encarte do álbum e que foram feitas especialmente para cada uma das canções; as letras para quem quiser cantar junto e também uma sugestão de jogo para cada faixa.

A primeira canção será "Beira Mar dos Canoeiros" (Clique aqui para ouvir), cantiga tradicional do estado de Minas Gerais (Brasil), transmitida pelo Coral das Araras Grandes, por meio do CD Engenho Novo.


Vamos cantar juntos?
 

BEIRA-MAR DOS CANOEIROS


O sol entrou, a lua é cheia, alumeia
O rio enche, esvazeia,
O remo bate na areia
Encontra comigo e balanceia


Eu joguei meu remo n'água
O remo saiu rodando
Quem tiver paixão por ele
Vai atrás acompanhando


O vapor berrou na serra
O trem apitou no arco
Apronta a canoa, apronta
Que eu com você embarco


Menina, vamos embora
Que eu te passo na lagoa
Do meu peito faço barca
Do meu coração, canoa


Eu joguei meu barco n'água
Carregado de fulô
Pra descer o rio abaixo
E encontrar o meu amor




Na gravação, vocês ouviram Cris Lima (voz, violão), Reginaldo Santos (voz, tambor, egg shakers), Eugênio Tadeu (voz, tambor) e Flávio Henrique (acordeon).

Para quem quiser brincar enquanto ouve a canção, a dica do Serelepe é essa:

Os participantes giram em roda, de mãos dadas, enquanto se entoa a canção. O refrão é cantado por todos, em coro. No momento das estrofes, um participante propõe os versos (podem ser versos que ele saiba de cor, mas ele pode também inventar na hora).

E aí, o que você achou de "Beira Mar dos Canoeiros"? Agora que você já sabe que pode inventar novos versos para a canção, quer tentar e nos enviar a sua versão? Tem outras sugestões de brincadeiras? Então fale conosco! Nosso email é serelepe@eba.ufmg.br. Temos também um perfil no Facebook.

Até a próxima!